Últimas de Desporto

Kickboxing: A raça e a vontade de vencer de Luís Morais

Por BANTUMEN

Luís Morais, que também é conhecido pela alcunha de “nhames”, nasceu guerreiro e quer ser recordado pelas conquistas a que se tem preparado para vencer. Na bagagem, o luso-caboverdiano leva os títulos de três vezes campeão nacional amador, campeão do mundo amador ISKA e campeão do mundo Strikers League -91kg.

A paixão pelos desportos de combate começou quando tinha apenas dez anos. O primeiro contacto foi com o Karaté, mas a arte marcial não despertou grande interesse e, mais tarde, Luís acabou por converter-se ao Muay Thai. Depois de passar por vários ginásios, o lutador acabou por combater pela primeira vez em 2008, na modalidade ligth-kick, que praticamente é kickboxing sem força onde o objetivo é apenas pontuar. A derrota nessa primeira experiência foi crucial para dar a Luís a dose certa de perseverança e atitude. A partir daí, a fome de vencer foi o ingrediente diário da sua rotina de treinos.

Em 2009 participou nas competições do campeonato regional, ficando em 2.º lugar, mas com o acesso ao campeonato nacional amador tornando-se campeão nacional -91kg. Em 2010 foi campeão regional e nacional.

Na certeza de que este é o rumo certo para si, o kickboxing já levou Luís a vários cantos do mundo. Vários combates vencidos, outros tantos perdidos, mas a vontade de fazer mais e melhor e de ter um futuro onde o seu nome faça parte dos pilares deste desporto, fazem de si um atleta sem limitações. Vê a entrevista vídeo da BANTUMEN a Luís e descobre um pouco mais sobre a sua história.

BANTUMEN

BANTUMEN

https://www.facebook.com/bantumen/
https://www.instagram.com/bantu_men/
https://twitter.com/BANTUMEN
https://www.youtube.com/c/bantumen
https://soundcloud.com/bantumen

Artigos relacionados