Últimas de Música

13 rappers crioulos que estão a marcar a diferença no hip hop lusófono

Por Vanessa Sanches

Dentro e fora de Cabo Verde, o rap crioulo tem conquistado cada vez mais espaço no hip hop lusófono. Se antes, dropar em crioulo sempre foi visto como uma barreira à ascensão, os números de visualizações no YouTube e de seguidores nas redes sociais provam agora o contrário.

A maioria destes rappers são filhos de emigrantes que, nos anos 1970 e 1980, saíram de cabo Verde à procura de um futuro onde o sacrifico não fosse a marca registada das suas vidas.

Porém, muitas vezes, a única opção viável foi acabarem confinados a bairros de lata ou sociais, entre o desemprego, a descriminação e os seus filhos marcados pela ausência de modelos em que se pudessem espelhar. Nas lyrics destes músicos ouvimos o retrato fiel das experiências de vida de grande parte dos jovens africanos nascidos ou criados na Europa, sobretudo entre 1980 e 1990.

Num predominante trap duro das ruas – que está a voltar a ganhar vida, principalmente na linha de Sintra -, a BANTUMEN fez uma lista de 13 nomes do hip hop crioulo que deverias conhecer e que, apesar da notável qualidade e quantidade de produção, ainda não conseguiu chegar ao mainstream.

Se até agora o rap crioulo sempre foi estigmatizado e limitado aos bairros onde era “cozinhado”, imaginem o rap crioulo feito por mulheres. Entre estes 13 artistas destacamos Juana Na Rap e G Fema, duas MC’s que estão a demarcar-se ousadamente das demais que tentam sobreviver no meio.

Linha de Sintra, Praia e Cruz Vermelha são só algumas das geografias onde o crioulo vinga nas rimas e batidas das ruas e que, consequentemente, se deixa alastrar quer em Portugal quer nos países onde a presença de descendentes dos PALOP é de peso.

 

Loreta

Label: Kutelo Black Attack (KBA)
Zona: Mira Sintra – Sintra – Portugal


Mota Jr

Label: BDX Records
Zona: Baixada – São Marcos – Sintra – Portugal


Landim

Label: Ksdrama1nation
Zona: Mem-Martins – Sintra – Portugal


Hélio Batalha

Label: Imaginason
Zona: Ponta d’Água – Praia – Cabo Verde


Ne Jah

Label: FdiB
Zona: Seixal – Setúbal – Portugal


Katanga

Label: Ghettosupastars
Zona: Cruz Vermelha – Cascais – Portugal


Apollo G

Label: Ghettosupastars
Zona: Cruz Vermelha – Cascais – Portugal


G Fema

Label: Gangbang Records
Zona: Chelas – Lisboa – Portugal


Baby Dog

Label: Más Ki Ás
Zona: 6 de Maio – Amadora – Portugal


Vado

Label: Más Ki Ás ClanFuz
Zona: Damaia – Amadora – Portugal


Puto G

Label: Kova M
Zona: Cova da Moura – Amadora – Portugal


Kapa GDR

Label: GDR Souljas
Zona: Bairro Santa Filomena – Amadora – Portugal

 


Juana Na Rap

Label:  GAF
Zona: Monte da Caparica – Almada – Portugal

Vanessa Sanches

Vanessa Sanches

Escrevo aqui e ali. Gosto de estórias que marcam histórias. Sou de Portugal, com veia cabo-verdiana, dois pés em Angola e coração em França. Africanidade, estilos de vida e música são os temas que me prendem a atenção, mas gosto de me distrair com politiquices e bizarrices.

Artigos relacionados