Os Angola Hip Hop Awards (AHHA) consistem em premiar os membros da cultura Hip Hop em Angola, sendo eles residentes no país ou não. Francis MC Cabinda e a Eva RapDiva foram o grande destaque desta segunda edição do evento, com três prémios cada.

Francis MC Cabinda obteve os prémios de Melhor Liricista, Melhor Rapper Masculino e o Melhor Red Cup Rapper MVP. Já a Eva RapDiva coube os troféus de Melhor Rapper Feminino, Melhor Estrofe e Melhor Single.

Destaque ainda para o rapper Kelson Most Wanted, que arrecadou o de Melhor Rapper Nova Vaga e para o seu grupo TRX Music, com o prémio de Melhor Evento. Enquanto a consagração de Melhor Grupo foi atribuída ao grupo MOB.

A segunda edição dos Angola Hip Hop Awards, que teve lugar no Lookal Ocean Club, em Luanda, atribuiu ainda à Força Suprema o prémio de Melhor Álbum do Ano, pelo projecto E A União Fez A Força. A categoria de Melhor Produtor foi atribuída a Ricardo R2 e  DJ Ritchelly arrecadou o prémio de Melhor DJ Hip Hop.

O evento foi idealizado pelo blog Cenas Que Curto e a pela produtora No Sleep Entretenimento, de DJ Soneca

CONFERE A LISTA DOS VENCEDORES DOS ANGOLA HIP HOP AWARDS 2017:

  • Melhor Street Dance: B-Boy Marcos.
  • Melhor Liricista: Francis MC Cabinda.
  • Melhor Produtor: Ricardo R2.
  • Melhor Rapper Feminino: Eva RapDiva.
  • Melhor Rapper Masculino: Francis MC Cabinda.
  • Melhor Mixtape/EP: “Sobreviventes” by Soldiers.
  • Melhor DJ Hip Hop: DJ Ritchelly.
  • Melhor Rapper Revelação: Lizzy.
  • Melhor Estrofe: “Assobio Meu” by Eva RapDiva.
  • Melhor Rapper Nova Vaga: Kelson Most Wanted.
  • Melghor Vídeoclipe: Zona 5 – Pablo.
  • Melhor MC De Batalha: Mente Magika.
  • Melhor Grupo: MOB.
  • Melhor Evento: “Grande Show” by TRX Music.
  • da TRX Music.
  • Melhor Single: “Assobio Meu” by Eva RapDiva.
  • Melhor Álbum: “E A União Fez A Força” by Força Suprema.
  • Melhor Rapper MVP Red Cup: Francis MC Cabinda.

Subscreve a nossa NEWSLETTER semanal