Não coloque a saúde da sua vida sexual em risco! Ingira com frequência estes cinco alimentos e proteja-se.

Tem aproximadamente o tamanho de uma noz, localizada abaixo da bexiga e é essencial para a sua vida sexual. A sua função é produzir um fluído espesso que formará grande parte do sémen, nutrindo e protegendo o esperma. Todos os homens têm uma e as estatísticas dizem que 70% destes não sabem onde esta se localiza, nem qual a sua função — meus senhores, estamos a falar da Próstata.

Acredita-se que níveis elevados de açúcar e gorduras na alimentação diária, podem ter um papel significante na tendência a ter cancro da próstata. Ingestão diária de alimentos processados, álcool e gorduras trans (gordura vegetal que passa por  processo de hidrogenação natural ou industrial e muito prejudicial á saúde) que  têm todas sido implícitas no aumento do risco da doença.

Mas nem tudo é preocupação e desgraça. Existem evidências que sugerem que certos alimentos e seus nutrientes apresentam um papel crucial na manutenção da saúde da próstata e podem mesmo ajudar a prevenir o cancro. Baseado nessas evidencias disponíveis, falamos agora dos cinco alimentos benéficos para a próstata e que pode desde já juntar á sua alimentação:

lots-of-tomatoes

Tomate 

O tomate é rico em carotenóides licopenos, protetores celulares poderosos, que conferem a cor vermelha vibrante. O licopeno tem sido profundamente pesquisado pelas suas propriedades anti-cancerígenas e estudos têm revelado que o consumo de licopenos oferece muitos benefícios preventivos em relação ao cancro. Estes incluem o aumento da atividade antioxidante, induzindo a morte de células cancerígenas, inibindo o crescimento e alastramento destas e aumentam a produção de enzimas que protegem as células contra o cancro. Um  artigo de revisão que inclui 17 estudos conclui que o tomate desempenha um papel importante na prevenção do cancro da próstata.

O licopeno é melhor absorvido pelo organismo, quando ingerido com gorduras saudáveis. Um estudo de 2005 mostra que o tomate cozinhado em azeite, aumenta significativamente a absorção de licopeno, em comparação quando cozinhado com outras gorduras. Outros estudos mostram também que o licopeno é mais facilmente absorvido e utilizado pelo organismo quando processado, em puré ou pasta, em vez de cru. O licopeno pode também ser encontrado em damascos, goiaba e melancia.

Brócoli

Brócolos 

Investigadores sugerem que homens que comam brócolos com frequência podem apresentar um menor risco de contrair cancro da próstata e isto pode estar relacionado com a sua habilidade de afetar os genes. Este é um processo designado por epigenética — a nossa alimentação tem a capacidade de poder alterar e ativar alguns dos nossos genes, ou expressá-los. Num estudo efectuado em 2008, um grupo de homens que estavam em risco de estar com cancro na próstata, efectuaram uma dieta baseada em ambos, brócolos e ervilhas, durante 12 meses e os investigadores mediram as alterações na expressão dos genes nos tecidos prostáticos. O grupo que se alimentou da dieta rica em brócolos durante um ano, apresentou maiores alterações na expressão dos genes, indicando um aumento de proteção contra o cancro da próstata, face ao grupo da dieta rica em ervilhas.

Os brócolos e outros vegetais crucíferos contém componentes conhecidos por glucosinolatos, pensa-se que são responsáveis pelos seus poderosos efeitos de supressão de tumores e esta é uma área ainda em investigação. Entretanto, alimentar-se de pelo menos três a quatro porções de brócolos e outros vegetais crucíferos (como couve-flor, couve, repolho e agrião) por semana é altamente recomendado. Deve come-los ligeiramente cozidos a vapor para que consiga obter os benefícios nutricionais completos.

File photo dated 09/01/04 of fish on sale at a local fish market, as eating oily fish has long been known to keep your heart healthy but scientists have also found it can mend a damaged heart.. Issue date: Thursday February 12, 2015. Diets high in omega-3 fatty acid foods could also help fix damaged blood vessels faster, reducing the risk of cardiovascular disease, a study has discovered. See PA story HEALTH Heart. Photo credit should read: PA Wire

Peixes Oleaginosos 

Salmão, truta, cavala e sardinhas são todos peixes ricos numa classe de gorduras saudáveis, conhecida como ácidos-gordos omega 3. Em estudos com animais, ácidos-gordos omega 3 de peixes oleaginosos foram encontrados para inibir o crescimento cancerígeno.

Estudos em humanos ainda não providenciam evidencias definitivas em relação a este assunto, contudo, sabe-se que populações com consumos elevados de peixe, como os Japoneses e Inuítes do Alasca apresentam baixos níveis de cancro da próstata, em comparação com outras populações mundiais, que apresentam dietas ricas em carne. Á luz disto, os homens devem consumir pelo menos duas a três porções de peixe oleaginoso por semana, para proteger a saúde da sua próstata. Para os vegetarianos e veganos, as sementes de linhaça, chia e nozes apresentam as melhores fontes vegetais de ácidos-gordos omega 3.

romã

Romã

Conhecida como “superalimento”, as romãs contêm vários componentes de combate a doenças, incluindo fenólicos, flavonóides e anticianinas, alguns destes apresentam alta atividade antioxidante. Existem evidencias de que o sumo de romã pode atrasar a progressão do cancro da próstata.

Cientistas da Universidade da California identificaram componentes no sumo de romã que ajudam a prevenir o alastramento das células cancerígenas, na próstata. Um ensaio clínico que estuda o consumo de sumo de romã em homens com cancro na próstata mostrou que, em média, os participantes que bebiam o sumo tiveram um aumento do tempo de duplicação do seu antígene prostático específico (PSA). Um longo tempo de duplicação do PSA é indicativo de que o cancro pode estar a progredir mais lentamente.

Embora estes resultados sejam motivadores, outros ensaios maiores foram necessários para descobrir a importância que a romã pode ter na saúde da próstata. Existe a possibilidade de transformar e usar a romã em tratamentos mais avançados. Um dos autores do estudo diz: “Tendo os identificado, podemos agora modificar os componentes de inibição cancerígena no sumo de romã para melhorar as suas funções e torna-las mais efectivas na prevenção de metastases do cancro da próstata, levando a medicamentos terapêuticos mais efectivos”. “Porque os genes e proteínas envolvidos nos movimentos das células cancerígenas da próstata são essencialmente os mesmos daqueles envolvidos nos movimentos de outros tipos de células cancerígenas, os mesmos componentes modificados do sumo de romã podem ter um impacto muito mais abrangente no tratamento do cancro.”

Assim, comer romã será essencial para a saúde da próstata e beber o seu sumo, que para além de tudo é delicioso, ainda auxilia numa das doenças mais fatais no mundo.

BenefitsofGreenTea

Chá Verde

Sabemos que trocar o seu chá ou café por chá verde tem uma imensidão de benefícios para a saúde — mas poderão estes proteger a saúde da sua próstata? Os poderes terapêuticos do chá verde são atribuídos a componentes antioxidantes designados catequinas, o mais potente de todos é a EGCG (epigalocatequina galate), que já mostrou ter propriedades anti-cancerígenas.

Pensa-se que estes componentes interferem com uma enzima que está presente na iniciação do cancro da próstata e pode fazer com que as células cancerígenas cometam suicídio. Num centro de saúde pública do Japão, efectuou-se um estudo com 49 920 homens, onde o consumo de cinco ou mais chávenas de chá verde por dia estava associado com 48% da diminuição do risco de cancro da próstata avançado.

O chá verde não está associado com o cancro da próstata localizado, mas sim associado com a diminuição do cancro da próstata avançado. O chá verde está também associado com o melhoramento da função renal, tornando-o numa escolha sólida para a sua saúde, não só para a saúde da próstata.

É vitalmente importante que se fale desta pequena glândula e que esta receba o reconhecimento que merece. O cancro da próstata é o mais comum nos homens em quase todo o mundo. Felizmente também é aquele com maior taxa de sucesso, quando descoberto cedo. A melhor coisa a fazer é ter uma alimentação saudável e garantir que faz um “check-up” regularmente.