Os cientistas desenvolveram um sistema de libertação de fragrância que funciona enquanto transpira.

Imagine aqueles dias bem quentes, em que tem inúmeras reuniões e teve de ir trabalhar de fato e à hora de almoço já só lhe apetecia tomar um banho e mudar de roupa. Pois bem, esta nova invenção é um produto que se aplica na pele e quanto mais transpira, melhor cheira. Isto porque o perfume apenas é libertado quando a pele está húmida.

Something Stinks

Cientistas da Universidade de Belfast, no Norte da Irlanda, combinaram dois componentes para criar o seu novo sistema. Um dos químicos é de base alcoólica, este é o perfume cheiroso, o outro é um líquido iónico, um sal liquido à temperatura ambiente, sem cheiro.

Quando estes dois químicos se misturam ocorre uma reação química que une as moléculas. Esta reação inactiva temporariamente as moléculas do perfume, pelo que quando aplicada inicialmente na pele, não produz cheiro. 

USA, Utah, Salt Lake City, Athlete young man drinking water form bottle, cloudy sky in background

Mas, se se adicionar água, neste caso o suor, ao produto aplicado na pele, a ligação química entre as moléculas rompe-se e solta-se no ar a fragrância.

Nos ensaios foram usadas duas fragrâncias, uma forte e outra frutada. A taxa de libertação do material perfumado depende de quanto transpira, noutras palavras, quanto mais água estiver disponível, mais cheiroso ficará.

sweating-armpits

Será esta a nova geração dos perfumes no mercado? Não sabemos para já, porque ainda estão em testes finais antes de serem lançados para o mercado, mas estamos ansiosos pelo lançamento que irá revolucionar o dia-a-dia masculino.