Depois de vários rumores e da confirmação (recente) do CEO da Sony Music, o Apple Music – O novo serviço de música da Apple – foi finalmente anunciado pela marca. Este será sem dúvida um concorrente à altura do Spotify!

e685713f8701f6685b5fb12480c4d985d82b46d7_expanded_large_2x

A música tem feito parte do DNA da Apple desde o inicio da empresa. De acordo com a Apple, este é um segmento que está fragmentado, isto porque o utilizador tem de recorrer a diferentes serviços para ouvir os seus artistas favoritos.

bf36f2f9c15df60488857c1b2c8de7c254b50af5_large_2x

There needs to be a place where music can be treated less like digital bits but more like the art it is, with a sense of respect and discovery

Trent Reznor

Com o Apple Music tudo estará concentrado num único serviço, garantindo sempre a melhor experiência de utilização ao utilizador e com muitas funcionaldiades/serviços. Com este novo serviço o utilizador continua a poder manter a sua “playlist” do iTunes.

76d39300246bf57f57350ed8871f6c27ccd95893_expanded_large_2x

O Apple Music terá um serviço 24/7 que permitirá aos utilizadores ouvir rádio (a sério). Nesta fase apenas haverá emissoras de Nova Iorque, Califórnia e Londres. Além disso terá também um serviço designado de Beats 1 onde será possível ouvir entrevistas, ouvir noticias, etc.