A empresa de arquitetura dinamarquesa, BIG, revelou o quarto e último design do arranha-céus que irá restaurar a nova linha do horizonte da cidade de Nova Iorque, retomando a glória antiga. O fundador Bjarne Ingels foi confrontado com a difícil tarefa de desenhar uma torre que fosse respeitosamente consciente da tragédia que ocorreu no local e que se mantivesse fiel ao seu talento e criatividade estética da empresa. Com o World Trade Center 2, ele conseguiu ter sucesso no seus esforços. Composto por sete edifícios únicos originais, emparelhados uns em cima dos outros, esta preciosidade irá subir 1340 pés acima da cidade.

Bjarne Ingels descreve o projecto como:” A composição do World Trade Center irá restabelecer a majestosa linha de horizonte de Manhattan e unir as características urbanas de TriBeCa com as torres da baixa da cidade. Para completar esta reunião urbana propusemos uma torre que se sente igualmente em casa quer em TriBeCa, quer no World Trade Centre. A partir de TriBeCa, o lar dos sótãos e jardins nos terraços, irá parecer como uma vila vertical de prédios simples empilhados uns em cima dos outros, criando parques e praças no céu. A partir do World Trade Center, as torres individuais aparecem unificadas, completando a colunata de torres que enquadram o Memorial do 11 de Setembro. O horizontal encontra o vertical. A diversidade torna-se união.”