1.  Bebe vinho tinto para tornar a carne mais saudável

A costeleta grelhada combinada com vinho tinto, em moderação, pode baixar o colesterol. Cientistas da Universidade de Jerusalem, descobriram componentes designados malondialdeídos, estes invadem a corrente sanguínea assim que comemos carne vermelha. Estes vilões aumentam o colesterol e o risco de doenças cardíacas. Num estudo colocou-se metade de um grupo a beber vinho tinto á refeição e os cientistas descobriram que o grupo que bebia água viu o seu colesterol aumentar 97%, enquanto que os beberam vinho tinto mantiveram o seu nível de colesterol ou diminuíram ligeiramente.

Lemon-lime-and-oranges

2. Laranjas para respirares melhor

Uma dose diária de Vitamina C pode ajudar-te a respirar melhor, tendo em conta que as cidades andam muito poluídas. Estudos efectuados na Universidade Britânica da Colombia descobriram que a vitamina C protege o sistema respiratório de contaminastes, os efeitos da poluição no ar podem ser modificados por antioxidantes.

vodka

3.  Vodka para o coração

Um estudo no jornal de saúde cardíaca, Circulation, descobriu que a vodka tem propriedades protectoras para o coração similares ás do vinho tinto. Aumenta o níveis de bom colesterol, dilata os vasos sanguíneos e aumenta a quantidade de oxigénio que atinge o seu coração.

Close up of walnuts being cracked

4. Nozes para um bom esperma

Se queres que os teus espermatozóides sejam fortes nadadores, come nozes. Um estudo publicado num jornal de Medicina da Reprodução descobriu que homens que comem 75g de nozes por dia têm espermatozóides mais fortes e com melhor forma.

CoconutOil

5.  Óleo de coco para o cérebro

Uma dose diária de óleo de coco pode evitar os efeitos da doença de Alzheimer, dizem os cientistas da Universidade de Oxford. O óleo de coco tem um tipo raro de gordura (MCTs) que é mais facilmente usado pelo cérebro como combustível. Este impulso extra ajuda a matéria cinzenta do cérebro a armazenar eficazmente  memórias de curto período.

Strawberries

6. Morangos protegem o coração

Comer morangos três vezes por semana baixa as chances de ataque cardíaco por mais de 30%. Os morangos são uma fonte rica de flavonóides que, dilata as artérias, ajudando a eliminar depósitos de gordura.