Por Amor” é o novo álbum do cantor e compositor Matias Damásio, que assinala os dez anos de carreira do artista. A 20 de Junho, a partir das 8 horas, Matias estará na Praça da Independência para promover o álbum e realizar uma sessão de autógrafos.

O músico e compositor, que também é embaixador da marca Inovia – a primeira empresa angolana a produzir equipamentos de electrónica de consumo em solo nacional – lança “Por Amor” a nível nacional pela produtora Arca Velha e em Portugal sob responsabilidade da Sony Music, editora do músico há já dois anos. Gravado em Angola, Portugal e Estados Unidos, o novo trabalho de Matias Damásio conta com 13 faixas e com as participações de Serafina Sanches, Prodígio e Laton. Este novo álbum pretende também celebrar os 10 anos de carreira de um dos mais reconhecidos e premiados artistas angolanos.

O percurso artístico de Matias Damásio é também um reflexo do melhor que se faz em Angola, em termos de música, que é afinal uma linguagem universal, com o poder de ultrapassar qualquer fronteira. Matias Damásio é um amante da sua terra natal, as suas músicas falam de histórias de amor, carregam um forte sentido de nacionalismo e transmitem mensagens de força, esperança, optimismo e muito orgulho, no futuro que se desenha hoje para Angola.

No evento do seu embaixador, a Inovia irá disponibilizar televisores, em diversos pontos do recinto, e oferecer milhares de artigos – bolas de praia, bonés e T-shirts – aos fans que marcarem presença na Praça da Independência, para conhecerem o novo trabalho do Matias Damásio.

Assemá Salim, Directora Comercial e de Marketing da Inovia, acrescenta: “A celebração dos 10 anos de uma carreira de sucesso e o lançamento do novo álbum “Por Amor” deixam-nos imensamente orgulhosos e entusiasmados com o reconhecimento do trabalho de um dos melhores embaixadores culturais de Angola. A Inovia partilha os valores que definem o percurso do Matias Damásio e é com muito orgulho que mais uma vez nos juntamos “Por Amor” à cultura, à música e ao que de melhor que se faz em Angola”.