Corre, descansa e repete. É capaz de ser das rotinas de treinos mais simples do mundo, mas a ciência mostra que também é capaz de ser a mais efectiva.

O HIIT (High Intensity Interval Training — Intervalo de treino de alta intensidade) envolve tipicamente  exercício num ritmo frenético de 20 a 90 segundos, seguindo de um período de baixa intensidade ou descanso que dura de 20 a 120 segundos. Em seguida repetes o esta sequência de exercício/descanso num total de 10 a 20 minutos, usando a tua arma de escolha —quer seja uma bicicleta, esteira ou apenas numa solitária subida e descida de encosta/montanha. Mostramos-te quatro razões para praticares esta sequência de treinos.

hiit-workout-plan-men

  1. Queimas mais gordura em menos tempo

HIIT aparece fortemente em 1994, quando os cientistas de uma Universidade do Canadá compararam 15 semanas de um treino com exercício de alta intensidade e intervalo (HIIT), com 20 semanas de um programa de treino de resistência. Após serem recolhidas biópsias musculares e medições de gordura corporal, eles descobriram que o programa HIIT foi mais eficiente em impulsionar o metabolismo corporal, o que resulta numa maior perda de gordura corporal. Simplificando, HIIT queima mais gordura em menos tempo. Cancela a maratona.

550228_hiit_workout_banner.jpg_960x400_c_ 2.   Queima através do que não presta

Uma vez que completas um exercício intenso de HIIT, podes comer o que quiseres, o teu metabolismo acelerado irá dizima-lo. Acredita, é sério. Pesquisas publicadas no Journal of Applied Physiology descobriram que a capacidade do teu corpo de absorção, armazenamento e assimilação de carboidratos — até os cheias de açúcar — é amplamente melhorada após uma sessão de HIIT. Tornando o teu corpo menos propenso a armazenar gorduras. HIIT agora, hambúrgueres mais tarde.

high-intensity-training

3.  Músculos maiores, mais rapidamente

No corpo humano existem dois tipos de fibras musculares: de contração rápida e de contração lenta. As fibras de contracção lenta são mais pequenas em tamanho e boas para exercícios de resistência; as fibras de contracção rápida são necessárias para a força, velocidade e potência.

Uma melhor proporção de fibras musculares de contrações rápidas irá igualmente ajudar-te a ficares melhor em t-shirts ou em tronco nu, na praia. Investigadores do Departamento de Fisiologia Clinica em Estocolmo, Suécia, descobriram que o HIIT é um caminho efectivo de transformação de fibras musculares de contração lenta, em fibras de contração rápida.

the-ultimate-guide-to-high-intensity-interval-training_graphics-1

4. Irá dar um impulso na tua vida sexual

O Jornal de Medicina Americano publicou em estudo que mostra que os homens que correm longas distâncias têm “baixas significativas” de testosterona quando comparados com outros testes masculinos. Tudo isto são más noticias para o teu desejo sexual, recuperação muscular e níveis de energia. Claro que existem imensos benefícios para todas e quaisquer formas de cardio. Mas, especificamente em relação á tua testosterona, e baseado em estudos já efectuados, estás melhor se fizeres HIIT do que se fizeres longas caminhadas na esteira.