Os dirigentes de futebol da Copa America vão verificar as acções do defesa Chileno Gonzalo Jara, que foi apanhado ,em vídeo, a provocar um cartão vermelho a Edinson Cavani, picado propositadamente com o dedo no rabo, nos quartos de final da Copa América.

Alberto Lozada, um membro do comité disciplinar da Conmebol, disse esta quinta-feira que o orgão local iria abrir uma investigação em relação à atitude de Jara.

Cavani foi expulso após a provocação de Jara, ao minuto 63 e o Chile com um jogador a mais marca o único jogo da partida, que o fez passar às meias-finais pela primeira vez em 16 anos.

Cavani bate a Jara imediatamente aptos a provocação de Jara, mas o árbitro apenas vê a reação de Cavani, dando-lhe um segundo cartão amarelo.

O capitão da selecção Uruguaia, Diego Godin, diz que “Cavani reagiu daquela forma devido ao que Jara fez”.

Não é a primeira vez que Jara é visto a provocar outro jogador. Em 2013, o avançado Uruguaio Luis Suárez foi expulso num jogo da Copa do Mundo por bater na cara de Jara, após do jogador Chileno o ter provocado da mesma forma.

Se Jara for punido, a equipa anfitriã não contará com o jogador para o jogo com o Perú, nas Semi-finais. Assiste ao vídeo e tira as tuas próprias conclusões.