De acordo com o DCD, Centers for Disease Control and Prevention, não é o cloro da água da piscina que deixa os olhos vermelhos e a arder, depois de uns mergulhos — é a urina. Pois é, as pessoas pensam que é inofensivo, principalmente quando vão com as crianças, mas não é e têm de ensinar logo de cedo os mais pequenos a irem ao WC e não urinarem na piscina.

Existe um equívoco comum de que o cloro elimina imediatamente os males que as pessoas que nadam numa piscina podem ter. O director do programa associado entre o CDC e Healthy Water, Dr. Michael Beach explica que “O cloro liga-se a todas as substancias nocivas e por isso forma essas rações químicas irritantes. É isso que acontece nos olhos, a sensação de ardor é o cloro a ligar-se á urina e ao suor para eliminá-los, provocando assim, irritação nos olhos.”

2

Alguns germes presentes na piscina podem, na verdade, levar algum tempo a serem destruídos na presença do cloro. Por exemplo o parasita Cryptosporidium, que causa diarreia, pode levar 10 dias para ser eliminado, a bactéria E.coli é completamente eliminada em menos de um minuto.

Assim, antes de entrares na piscina, garante que passas o teu corpo pelo chuveiro, de modo a evitares entrar com substâncias que possam causar irritação e claro, urina antes de ir para a piscina. Cuida da tua saúde!