Nuno Silva, futebolista português, foi esta quarta-feira apresentado no seu novo cube, o Jaen, em Espanha. Podia ser uma apresentação comum, sem nada a registar, se o atleta não tivesse vestido uma t-shirt com a cara de Franco, o ditador espanhol que marcou a história política daquele país.

O desportista não é muito conhecido no panorama internacional, ainda assim não escapou às imensas críticas lançadas pelos espanhóis nas redes sociais.

Nuno Silva pediu desculpas a quem pudesse ter ficado ofendido.

“Dada a controvérsia suscitada pela minha camisola, queria esclarecer que foi adquirida em Portugal há já muito tempo e que, em nenhum momento, tive conhecimento do impacto desta personagem histórica na sociedade espanhola. Vivi em Portugal e em Angola e não conheço grande parte da história de Espanha, pelo que desconhecia completamente o significado de usar esta camisola no vosso país”, pode ler-se no comunicado do jogador publicado na página de Facebook do Jaen.