Herdeiro de influências do R&B e Hip Hop angolano, de grupos como os SSP e Kalibrados, Anselmo conquistou de forma instantânea os Palop e Portugal, massificando uma sonoridade maioritariamente
“escondida” nos grandes centros urbanos. Nas notas do realizador, André Banza, Anselmo foi fundamental para consolidar este fenómeno além Angola. A sua música é muito mais, é global, fruto de muito talento e perseverança.

Captura de ecrã 2015-08-4, às 14.03.24

“Vontade de Vencer” é o retrato fiel da conquista de batalhas que poderiam ter sido perdidas pelas dificuldades de um mercado nacional viciado e limitado ou até mesmo pela doença que o afecta desde os três anos, Miastenia grave.

Captura de ecrã 2015-08-4, às 14.02.35

As filmagens centram-se nos bastidores de mais de 80 concertos e no processo criativo das suas composições, entre Luanda, Lisboa e Nova Iorque. Nos testemunhos temos Ryan Leslie, famoso produtor norte-americano, Paulo Flores, Kalaf Ângelo, Dji Tafinha, “Mangomito”, Camilo Travassos, o pai Leal Cordeiro, entre outros.

Ryan Leslie, famoso produtor norte-americano.
Ryan Leslie, famoso produtor norte-americano.

Do tempo em que em Luanda batia de porta em porta para que as rádios passassem as suas músicas ou em que lavava carros nos Estados Unidos, o telespectador envolve-se na história de Anselmo e sente a emoção de cada entrada em palco, a fé e a retribuição do carinho dos fãs.

Anselmo Ralph &  Nellson Klasszik
Anselmo Ralph & Nellson Klasszik

A ante-estreia em Luanda, nesta segunda-feira, no Cineplace do Belas Shopping, teve direito a sala cheia, de fãs e músicos nacionais, como Nsoki ou Laton dos Kalibrados. O artista fez questão de cumprimentar e agradecer pessoalmente a presença de cada convidado, o que afirma a sua humildade e gratidão pela fama que o público lhe concedeu.

A estreia nacional nos cinemas será a 4 de Setembro. Um dia antes estará também nas salas portuguesas. A produção do documentário esteve a cargo da Semba Comunicação e da portuguesa Até ao Fim do Mundo.