Tipo, imagina alguém oferecer-te a ilha do Mussulo. Yah, uma ilha! E não é uma qualquer, esta é chique, fica no mediterrâneo. Mas pronto, até aí tudo bem. Mas tinha logo de ser oferecida a um gajo cheio de dinheiro? Ok, acabemos com as reclamações e avancemos.

Jorge Mendes é um dos homens mais poderosos do futebol mundial. Tem 49 anos e decidiu casar-se com mulher com quem já vive há muito tempo. A boda (sim, na tuga boda – de casamento – é feminino) aconteceu no Porto (norte de Portugal) com cerca de 400 convidados.

Na sua carteira, como agente, Mendes tem os melhores jogadores (e treinadores) mundiais, como José Mourinho, Angel Di Maria, Radamel Falcao ou Cristiano Ronaldo.

Este último foi o escolhido para ser padrinho do enlace. E foi muito bem escolhido. Não que Mendes precise do dinheiro de Cristiano, até porque o empresário foi o primeiro agente a ultrapassar a barreira dos mil milhões de euros em transferências. Mas, receber uma ilha (inteira!) grega de presente… sabe sempre bem, acredito eu.

 

calypso-yacht-boat-trips-greece-conde-nast-traveller-7july14-pr

Foi isso que Ronaldo ofereceu. Não se sabe quanto gastou, mas fala-se que pode ter sido entre os 3 e os 50 milhões de euros.

Quem não gostaria de ter CR7 como padrinho? Eu incluo-me na lista. E se por acaso, você que está aí a ler, estiver a precisar de ideias, ilhas como essas estão várias à venda e “qualquer” um pode comprar.

Na dúvida, também aceito um terreno no Benfica (Luanda). Considerando a inflação, os preços não devem ser muito diferentes dessas chiquérrimas ilhas paradisíacas.