É das notícias que mais circulam agora nas redes sociais. É uma daquelas histórias sobre a incondicionalidade do amor entre pai e filha. Neste enredo, o pai tatuou na cabeça um desenho idêntico ao implante coclear da filha, conta-nos o site New Zealand Herald.

Charlotte, uma menina de 6 anos de idade com surdez profunda, foi submetida a um segundo implante coclear (o primeiro quando tinha apenas 4 anos) e o pai, Alistair Campbell, para que a filha não se sentisse deslocada por causa da aparência, fez a tatuagem que vemos na imagem.

Esta marca na pele gravada há poucos dias encheu de compaixão as redes sociais. “Fixe!” foi o que Charlotte exclamou quando viu pela primeira vez a tatuagem do pai.

O implante coclear é um dispositivo que permite recuperar a audição em pessoas com deficiência neurosensitiva grave. O aparelho converte o som ambiente em sinais eléctricos que são depois enviados para o cérebro, permitindo a interpretação dos mesmos, explica o site Observador.