Angola tem um potencial turístico enorme e quando, este ano, a expressão “diversificação da economia” está na moda, este deve ser um dos sectores debaixo de olho. Por isso, vem aí a Angola Turística, uma revista nacional dedicada ao turismo cá dentro, relançada na Feira dos Municípios e Cidades de Angola (FMCA) 2015.

A intenção é promover as zonas turísticas, a gastronomia, as infra-estruturas e os vários aspectos que o nosso país tem para oferecer, afirmando-se assim como o principal veículo de promoção do sector turístico a nível nacional, divulgou a Angop.

A nova edição traz na capa um surfista e o título “Turismo, a nova estrela da economia nacional”, como o recurso natural “salvador” da crise que nos afecta a carteira neste ano de 2015.

Outro destaque é a Escola do Ensino Superior de Hotelaria e Turismo, na centralidade do Kilamba, em Luanda.

Paulino Baptista, secretário de Estado da Hotelaria, acredita que num futuro breve o turismo vai ser o “cerne da economia angolana e deverá contribuir para o o Produto Interno Bruto até 2020, em cerca de quatro porcento.”

E você, vai ficar à espera do quê para descobrir Angola?