Uma convenção de tatuagens que ocorreu no fim‑de‑semana passado em Quito, Equador, trouxe uma variedade estonteante de corpos coloridos tatuados. Não como um destaque especial? Vê algumas das maneiras estranhas de como as tatuagens podem afectar a tua saúde.

FILE - This Jsn. 6, 2006, file photo shows a tattoo artist from Los Angels during the Body Art Expo at the Los Angeles county fairgrounds in Pomona, Calif. Thinking about getting inked? Check the bottle first. The Food and Drug Administration is warning tattoo parlors, their customers and those buying at-home tattoo kits that not all tattoo ink is safe. (AP Photo/Chris Carlson, File)

As tatuagens são comuns, mas elas trazem alguns riscos para a saúde, explica Dr. Marie Leger, dermatologista na Universidade de Nova Iorque, que estudou as reações adversas das tatuagens.

“Eu amo tatuagens,” disse Leger ao Science. Mas também é importante estar informado dos riscos associados ao ser tatuado, diz ela.

Aqui estão algumas coisas a ter mente antes de te tatuares:

Infecções: 

Não deve ser surpresa que um estúdio de tatuagens sem condições sanitárias e de desinfecção, pode levar a uma infecção.

Na verdade, as infecções podem vir de uma variedade de fontes diferentes, desde os artistas tatuadores, assim como da tintam, diz Leger.

tattoo-artist-closeup

Em 2012, houve um pequeno surto de infecções de pele em Nova Iorque. A fonte das infecções foi rastreada até ao lote de tinta cinzenta, que foi contaminada com um tipo de bactérias chamada mycobactéria. A espécie de bactéria que causou as infecções, Mycobacterium chelonae, pode causar erupções cutâneas dolorosas que podem durar por meses. É um tipo de mycobactéria que causa doenças como a tuberculose ou lepra.

Embora, infecções bacterianas seja o tipo de infecções mais comuns ligadas ás tatuagens, tatuar pode também levar a infecções virais e fúngicas, explica Leger. As pessoas podem mesmo acabar com verrugas.

O que ter em conta? Se a tatuagem começa a tornar-se avermelhada, inchada, dolorosa ou começa a drenar algum líquido, recorre imediatamente a um médico.

Alergias:

As pessoas podem desenvolver alergia ás suas tatuagens. Na verdade, pacientes que não tiveram reacções alérgicas ás suas primeiras tatuagens, podem mais tarde, desenvolver uma alergia, após terem as segundas ou terceiras tatuagens.

A dermatologista Leger descreve uma paciente feminina que tinha uma tatuagem vermelha há uns anos. Quando a mulher fez uma segunda tatuagem, uma década depois, as partes vermelhas de ambas as tatuagens (a antiga e a que estava a fazer) começaram a inchar e a ficar mais vermelhas.

As alergias a tatuagens podem ser difíceis de tratar, explica Leger. Esteróides tópicos ou injecções de esteróides, podem por vezes ajudar mas, em casos mais extremos a área de pele tatuada pode mesmo ter de ser cirurgicamente removida.

Escondendo a evidência:

Tapares o teu corpo com tatuagens pode tapar problemas de saúde, prevenindo-os de serem perceptíveis e tratados a tempo.

Existem relatos de tatuagens a taparem cancros de pele, incluindo melanomas, carcinomas de células basais e carcinomas de células escamosas, explica Leger.

Em 2013, um relato de um caso, descreve um homem a quem um melanoma foi revelado apenas após ele ter removido uma tatuagem a laser. O crescimento daquele cancro na pele estava a ser tapado pela tinta preta da tatuagem.

As tatuagens podem tornar difícil para um dermatologista identificar e verificar sinais que podem ser cancerígenos. No cancro da pele a sua detecção precoce é fundamental para o sucesso.

body art banner

Exposição solar:

Protegeres a tua pele do sol, é sempre importante, mas as tatuagens podem aumentar o teu risco de sofreres dos efeitos da exposição a mais ao sol.

Para algumas pessoas, a exposição solar pode causar inchaço e relevo nas tatuagens, explica a Leger.

Num estudo Dinamarquês de 2014, pesquisadores entrevistaram banhistas tatuados e descobriram que 42% relataram reações adversas. Dessas queixas, mais de metade eram relacionadas com a exposição solar, incluindo relatos de inchaço, comichão e vermelhidão.

É sabido que tinta amarela pode causar comichão, vermelhidão e relevo na pele exposta ao sol, isto acontece devido ao cadmium encontrado na tinta, explica Leger. Mas outras cores podem igualmente criar alergia.

No estudo Dinamarquês, por exemplo, reações na pele foram observadas na maioria das pessoas com tatuagens de cores preta, azul e vermelha.

Queimaduras MRI-induzidas:

Pessoas com tatuagens podem ter problemas se elas necessitarem fazer exames com MRI (magnetic resonance imaging – ressonância magnética). Por exemplo, um caso de 2011 descreve um jogador profissional de basebol cuja tatuagem preta “queimou” enquanto ele tirava uma MRI.

De acordo com o relato do caso, as queimaduras resultam das correntes eléctricas formadas no ferro existente na tinta da tatuagem.

Pacientes com mais tinta preta nas suas tatuagens estão em maior risco de dificuldades numa MRI, pois esta tinta contem mais oxido de ferro, diz Leger. Contudo, tintas vermelhas podem também ter ferro.