Gosta de viajar e descobrir novas culturas? Veja a lista das cidades mais saudáveis do mundo de acordo com o The Guardian.

Singapura: Nesta cidade-Estado, a esperança média de vida é de 84.07 anos. Mais de 80% da população utiliza o sistema nacional de saúde – considerado um dos melhores do mundo. É uma das cidades mais limpas do planeta e maioria das pessoas anda de bicicleta e não de automóvel.

Tóquio: Tem uma das melhores redes de trânsito do mundo. Em 2012, foi considerada pelo Guardian como a segunda cidade mais saudável do planeta, com uma esperança média de vida de 84.19 anos. Este valor pode ser explicado através da aposta no sistema nacional de saúde por parte do governo, da dieta alimentar equilibrada que é normalmente praticada no Japão e da importância dada aos laços familiares.

Perth: Para além de ter sido escolhida como uma das melhores para se viver, esta cidade australiana é também uma das mais saudáveis. Entre 1998 e 2009, o número de ciclistas em Perth aumentou 450%. Para além disso, é também valorizada a alimentação equilibrada dos seus habitantes, a qualidade dos cuidados médicos ali existentes e a satisfação de quem ali vive com a cidade no seu todo.

Copenhaga: As emissões de CO2 na capital dinamarquesa têm diminuído drasticamente na última década: Desde 2005 já houve uma queda de 20%. E o objectivo é ser a primeira cidade ‘neutra’  em termos de emissões de gases poluentes em 2025. Possui a ciclovia mais movimentada do mundo.

Mónaco: Esta cidade-Estado possui a esperança média de vida mais alta do mundo – 89.6 anos – e também a maior concentração de milionários per capita. O Governo está empenhado em acabar com uma série de ‘agentes poluidores’ – por exemplo, todos os membros do Executivo andam com carros eléctricos.