Um americano alega ser inocente de um homicídio por estar possuído pelo espírito de… Jay Z.

Jason Russell Jump foi acusado de ter matado o proprietário da sua casa, no Hawai, com vários golpes de matraca. E não é só o espírito que “baixa” nele de vez em quando. De acordo com Jump, várias estrelas “comem o interior do seu estômago”. Auto-denominando-se “o filho do Homem”, o homicida tatuou na sua testa Jesus Cristo. Entretanto, psicólogos vão verificar se Jump está apto a ser julgado, escreveu a revista GQ.