No Salão de Paris do último ano, a Toyota deixou as primeiras pistas de que estava a preparar um crossover para rivalizar com o Juke, revelando a versão inicial do C-HR Concept.

Um ano mais tarde, no certame recentemente realizado em Frankfurt, foi revelada a evolução do protótipo C-HR (nas fotos que acompanham este artigo), demonstrando que este projeto se encontrava cada vez mais perto das linhas de produção.

Agora surgiu finalmente a confirmação deste crossover da Toyota, modelo que poderá receber a designação final de Auris Cross e cuja apresentação está marcada para março, no Salão de Genebra, chegando ao mercado poucos meses mais tarde, durante o Verão de 2016.

Fabricado na plataforma TNGA (Toyota New Global Architecture), o modelo faz uso da mesma arquitetura modular implementada no novo Prius e, à imagem deste, vai contar com uma opção híbrida na gama. (A Toyota refere mesmo que este será o primeiro crossover híbrido a chegar ao mercado.)

As versões com motores de combustão devem fazer uso de blocos de quatro cilindros conectados à caixa CVT, e o modelo irá colocar-se na oferta da Toyota num patamar imediatamente abaixo do RAV4. Com o Nissan Juke eleito como alvo a abater, um dos parâmetros em que a Toyota pretende que o Auris Cross supere o rival será nas áreas interiores, mais generosas.