Cientistas Portugueses fizeram um estudo onde colocaram alguns participantes numa dieta que os limitava a 10 500 calorias por semana.
Mas, metade dos participantes em dieta tinham a liberdade de comer o que quisessem aos Domingos.

Após duas semanas, os dois grupos reduziram os seus índices de massa corporal. Embora não houvesse diferença significativa no peso, ambos os grupos perderam, aqueles que passaram os domingos fora da dieta foram mais felizes e motivados a continuar a trabalhar para os seus objectivos.

A razão: os investigadores dizem que a indulgência ocasional torna a dieta mais sustentável.

A auto-contenção usa-te e se estiveres esgotado e mal-humorado, podes estar propenso a desistir. Mas se poderes olhar ansiosamente para um “dia livre” onde desfrutas de itens que por norma estão fora da tua alimentação saudável, tens uma maior probabilidade de manter a tua dieta o resto da semana.
Supreme_pizza

A chave é planear com antecedência e definir um dia especifico para a tua quebra nas regras alimentares, diz Rita Coelho do Vale, a autora do estudo. Isto porque ceder a um donuts por impulso do momento, pode fazer-te sentir que estragaste a tua dieta e pode levar-te a abandoná-la por completo.

Mas não confundas “dia livre” com “dia de farra”. Os participantes do estudo mantiveram as suas porções de pizza, gelado e outros extras, dentro da razão, para não ultrapassarem o total de calorias semanais planeado.

Linha final: Não te prives completamente de alguns alimentos. Vai em frente e desfruta daqueles Doritos todas as Sextas. Eles vão ser o impulso e a motivação para o resto da semana.