40 anos de uma Angola independente comemorados pela cerveja nacional. Para celebrar o aniversário, a marca lançou quatro garrafas exclusivas.

A “Edição Especial 1975-2015”, composta por garrafas únicas, conta com a ilustração de designers angolanos e têm como tema quatro datas específicas, todas representando momentos históricos: 1975, O Mundo vê Angola Independente; 1989, Angola conquista o Basquetebol Africano; 2002, Angola caminha para a Paz e 2003, Desenvolvimento e Progresso.

Em 1975, o mundo assistiu à declaração de Independência e à consagração do país enquanto República de Angola, naquele que foi, até à data, o momento mais significativo da história angolana. O grafismo presente na garrafa que assinala o segundo momento, marca o ano de 1989, quando Angola conquistou pela primeira vez o Campeonato Africano de selecções nacionais masculinas de basquetebol. Este feito marcou a história do país, que se uniu em torno da modalidade, num momento ao qual não foi alheio o facto da fase final do Afrobasket se ter realizado pela primeira vez em território nacional. Depois de um longo período de guerra, a celebração da paz chegou no ano de 2002, um marco representado na terceira garrafa da colecção da cerveja CUCA. O quarto e último momento assinala o ano de 2003, quando se inicia o processo de Desenvolvimento e Progresso da Nação.

A chancela criativa do projecto coube ao grupo de comunicação angolano ZWELA e à sua equipa de designers, que conseguiu captar na perfeição o ADN angolano e convertê-lo em quatro peças verdadeiramente únicas e coleccionáveis.

A decoração de cada uma das garrafas varia de acordo com o respectivo tema. O rótulo, contra-rótulo, a gargantilha que envolve o gargalho e até a própria carica têm um “design” próprio da responsabilidade de cada um dos artistas.

A CUCA contou ainda com o apoio de Nelo de Carvalho, que criou um “jingle” exclusivo para a campanha publicitária que suporta o lançamento da “Edição Especial 1975-2015”. O cantor interpreta uma música que pretende valorizar o papel preponderante que a Cuca desempenha enquanto elemento cultural da História de Angola. À boa maneira angolana, este facto é associado à música, e aos bons momentos de alegria e celebração de um povo.