“Todos os aspectos saudáveis têm efeitos no teu pénis,” diz Steven Lamm, um médico e professor assistente na Universidade de Medicina em Nova Iorque.

“Um homem de 50 anos que, é saudável, provavelmente apresenta um desempenho sexual igual ao de um homem fora de forma de 30 anos, que fuma e bebe,” diz o Dr. Lamm.

Enquanto o sangue saudável é essencial para erecções, outros factores físicos e mentais saudáveis desempenham um papel na boa funcionalidade do pénis.

Se estás stressado do trabalho, com relações atribuladas, sofres de depressão, bebes álcool ou usas drogas ou tens excesso de peso, aquele mecanismo miraculoso e maravilhoso entre as tuas pernas não trabalhará tão bem quanto devia.

Felizmente, há muito que podes fazer para manter o teu membro em boas condições para que possas continuar a ter sexo até aos teus 80 — e até mais. Deixamos algumas dicas:

  1. Perde a barriga
    abdominal-660x330

Alimenta-te de forma saudável e faz exercício regularmente para atingires o peso ideal para o teu corpo e eliminar a gordura. A gordura abdominal bloqueia a testosterona que devia estar disponível para ti, o que por sua vez afecta o funcionamento sexual. Excesso de gordura na zona abdominal é um mau factor para a saúde em geral — incluindo para a saúde sexual.

O teu pénis é um barómetro para a saúde do teu coração e saúde arterial, que pode alertar-te para problemas impeditivos. Isto porque uma artéria peniana é um pouco mais estreita do que uma artéria coronária. Se o endurecimento de placas e artérias começa a ocorrer, o pénis vai começar a mostrar-te que há problemas, afectando a sua erecção.

2. Deixa de fumar  yKhUj1J

A nicotina restringe o fluxo sanguíneo no pénis e enfraquece as erecções. Isso contribui para a formação de placas nas artérias, fazendo com que os fumadores tenham o dobro da probabilidade de ter disfunção eréctil.

3. Caminha todos os dias

adidas-adizero-feather2-running-man_1920x1080

Quando te exercitas, o fluxo sanguíneo aumenta — estimulando a produção de oxido nítrico, a chave química envolvida na produção das erecções.

“Quanto mais saudável um homem está, mais oxido mítico produz e mais fortes são as suas erecções,” diz o Dr. Lamm.

Além disso, o exercício tem sido mostrado tão efectivo quanto os medicamentos, reduzindo os sintomas de depressão leve, outro infortúnio para a performance do pénis.

4. Faça um check-up 

O cancro testicular mata cerca de cerca de 8000 homens por ano, maioritariamente homens jovens entre os 15 e os 40 anos. Quando descoberto a tempo, o cancro testicular pode ser curado em cerca de 95%.

No entanto, deixado por detectar pode espalhar-se por partes do corpo. Faz um check-up todos os meses e alerta os teus amigos e familiares.

5. Vai para a cama cedo

o-MAN-SLEEP-BED-facebook

O pico de testosterona nos homens é de manha. Assim, padrões de sono irregulares ou ter menos de 7 horas dormidas pode afectar a qualidade do teu sono e saúde sexual.

Dormir pouco está também associado com muitos problemas de saúde que contribuem para problemas sexuais incluindo pressão sanguínea elevada, apnéa do sono e diabetes.

6. Come mais peixe original_grilled-salmon

Os ácidos gordos omega-3 EPA e DHA são bons para o coração e saúde do pénis. Mas toxinas como PCBs e dioxinas no peixe podem bater abaixo da cintura, reduzindo a tua contagem de esperma e redução de testosterona.

Tenta evitar grandes anchovas, perca listada e salmão de viveiro. PCBs e dioxinas acumulam-se nos tecidos gordos daqueles peixes, mais do que nos jovens, peixes pequenos ou espécies como salmão selvagem, gaiado ou robalo.

7. Bebe moderadamente

Um copo de vinho tinto pode pode estimular a tua libido mas, uma garrafa cheia pode estragar o teu circuito cérebro-pénis e elimina qualquer hipótese de atingir uma erecção.

Estudos clínicos mostraram que o álcool actua como um depressor no cérebro, anulante de ansiedade e provoca inibições sobre o sexo mas, grandes quantidades podem ter o efeito oposto.

Num estudo, homens com concentração de álcool no sangue de 0,06 e 0,09  tiveram problemas ao ejacular quando se masturbaram. Outro estudo media o crescimento do pénis em resposta a estímulos erótico. Os homens que tinham ingerido 3 ou mais bebidas mistas em duas horas não conseguiram ter erecção.

Com o tempo, o uso crónico de álcool pode causar alterações químicas no cérebro e hormonais que podem sufocar o funcionamento sexual. O alcoolismo tem também estado ligado á ginecomastia e encolhimento do pénis e testículos.

8. Relaxa e descontraiblack-man-relaxing

Especialmente nos homens, o stress pode desencadear a resposta de luta ou fuga.

Quando isso acontece, o teu sistema nervoso inunda o teu corpo com hormonas de stress, como a adrenalina. A adrenalina estimula o coração a bater mais rápido e a contrair os teus vasos sanguíneos para que o sangue seja direccionado para onde ele é mais necessário para lidar com a crise, os músculos e não o teu pénis.

Não tem de ser um stress muito urgente para causar problemas. Nível crónico de stress, como um chefe difícil, prazos iminentes e medo da ruína financeira, pode interferir com erecções e desejo sexual. Felizmente, exercício, dormir bem e uma dieta saudável pode ajudar a aliviar uma resposta ao stress.