Délio Jasse é um artista angolano que vive em Lisboa. A sua técnica de trabalho em fotografia analógica expressa o corre-corre luandanse numa experiência visual monocromática onde se destaca “pinceladas” de um amarelo quente.

Intitulada Pontus, a mostra de Délio está patente na galeria londrina Tiwani.

As imagens fazem parte do acervo de fotografias familiar, passaportes, entre outros. A azáfama do quotidiano é em Pontus um misto de sonhos acabados com pinceladas de realidade.

Vê acima a galeria.