Se a ansiedade é o protótipo de síndrome do século 21, então o nosso caso amoroso com a tecnologia é o maior culpado. Quer sejam os iPhones debaixo da almofada ou os emails do trabalho na praia, a era do Wi-Fi está a tornar-nos mais tensos que nunca. Os médicos chamam-lhe “ansiedade social” e acredita-se que 10% da população esteja afectada.

Contudo, a solução não é refugiar-se numa cave, mas termos cuidado com o que colocamos no estômago. De acordo com uma nova publicação no Psychiatric Research, muitos de nós que têm por hábito torcer as mãos ou roer as unhas, é causado por desequilíbrios intestinais. Que uma relação entre a mente e o corpo existem — o tão chamado eixo cérebro-intestino — já se sabe há alguns tempo. Crucialmente, este estudo mostrou que tais desproporções podem ser niveladas com comidas fermentadas como conserva de repolho fermentado, queijo, iogurte e claro, cerveja.