Desde as suas humildes origens como “emoticons”, no Messenger, os emojis têm se tornado uma parte integrante da comunicação moderna, tanto que este ano o Oxford Dictionary considerou que “a palavra do ano”, não era propriamente uma palavra, mas sim um emoji, o “smiley que chora a rir”.

Uma coisa que, contudo, não existe é um emoji preservativo, o que significa que cada vez que envias emojis beringela a alguém com quem te estás a envolver, isso significa sexo desprotegido. Todo o tipo de doenças sexualmente transmissíveis se espalham desta forma, razão pela qual as pessoas conscientes da Durex tiveram “bolas” para lançar uma campanha para convencer os desenvolvedores de emojis a incluírem um preservativo como emoji.

Para fazeres parte desta campanha e ajudares, tudo o que tens de fazer é colocar #CondomEmoji no fim dos teus tweets, para mostrares aos desenvolvedores de emojis que tu te preocupas com a tua saúde sexual. O raciocínio da Durex é, se muitas pessoas se envolverem neste assunto, os desenvolvedores de emojis terão noticias sobre o tema e incluíram uma borracha no seu arsenal de emojis. Vamos colaborar?