O calendário mais famoso do mundo da moda, que geralmente se apresenta repleto de belas modelos, este ano mostra uma proposta bem diferente. Foram selecionadas 13 mulheres reconhecidas pelas suas conquistas profissionais, sociais, culturais, desportivas e artísticas.

Entre as selecionadas estão a actriz e comediante Amy Schumer, a tenista Serena Williams, número um do mundo, a top model russa Natalia Vodianova, fundadora da instituição de caridade Naked Heart Russia, a artista, música e performer Yoko Ono e a cantora Patti Smith, uma das maiores estrelas do rock de todos os tempos. Destaque ainda para a variedade de idades e origens das estrelas do calendário.

A 43ª edição do Calendário Pirelli foi criada por uma das mais célebres fotógrafas e retratistas americanas, Annie Leibovitz. “Eu queria que as imagens mostrassem as mulheres exatamente como elas são, sem nenhuma pretensão”, descreve a fotógrafa.

Infelizmente o Calendário Pirelli não está à venda, é distribuído para uma lista restrita de presenteados. Ainda assim pode ver algumas fotografias na galeria de imagens acima.

As 13 mulheres notáveis selecionadas foram: A actriz Yao Chen; a top model russa Natalia Vodianova; a produtora Kathleen Kennedy; a coleccionadora de arte Agnes Gund (com a neta Sadie Rain Hope-Gund); a tenista Serena Williams; a formadora de opinião, crítica e escritora Fran Lebowitz; a presidente da Ariel Investments, Mellody Hobson; a directora de cinema Ava DuVernay; a blogger Tavi Gevinson; a artista visual iraniana Shirin Neshat; a artista, música e performer Yoko Ono; a cantora Patti Smith; e a atriz e comediante stand up Amy Schumer, conta a Pirelli em comunicado enviado às redações.