José Mourinho e o Chelsea acabam de rescindir contrato por mútuo acordo, devido aos péssimos resultados que a equipa tem registado.

Sete meses após a conquista do campeonato, Mourinho volta a sair do seu Chelsea. Na primeira vez aconteceu na sequência de um empate caseiro com o Rosenborg para a Champions, agora é num ano dramático na liga inglesa – mas decente na Europa, com uma derrota no Dragão e um empate em Kiev, mas ainda assim nos oitavos da Champions.

Em comunicado, o Chelsea informou que “Mourinho e a direção concordaram que os resultados não estavam a ser bons o suficiente nesta temporada e que o melhor seria seguir caminhos separados”.