Guilherme Malaquias, um estudante brasileiro de arquitectura, tem utilizado a sua câmera fotográfica para documentar a vida do povo de Salvador, na Bahia, a sua terra natal, uma cidade onde a cultura negra é intrínseca

No seu trabalho é retratado principalmente o quotidiano da área urbana da Bahia, onde faz voluntariado pintando casas e ensinando arte em workshops.