Beber cinco ou mais bebidas alcoólicas (quatro ou mais para as mulheres) num curto período de tempo (cerca de duas horas) faz com que tenha 13 vezes mais probabilidades de sofrer “tremendos danos no fígado”, diz um estudo publicado na revista Biomolecules.

“O consumo excessivo de álcool por pessoas que habitualmente consomem bebidas alcoólicas é o principal culpado dos danos hepáticos na doença hepática de alcoolemia crónica”, de acordo O autor do estudo, Shivendra Shukla, professor na Escola de Medicina da Universidade do Missouri explicou ao Daily Mail.

“Sabemos que este comportamento provoca grandes depósitos de gordura no fígado que acabam por prejudicar a capacidade do órgão funcionar corretamente”, refere o especialista.

A acumulação de gordura é em parte provocada pelas mudanças metabólicas no fígado que ocorrem devido ao consumo excessivo de álcool e que, além disso, aumentam o stress neste órgão enquanto diminuem a capacidade do fígado combater este mesmo stress.