Muitos homens sofrem deste mal e poucos sabem como tratá-lo. Por norma a zona mais afectada pela foliculite é a da barba, mas quem se depila sabe que o problema pode aparecer noutras partes do corpo.

barba cabeloO problema acontece quando o pêlo não consegue irromper na superfície da pele e depois de passar com a lâmina a ponta do pêlo raspado fica afiado e, ao crescer, espeta na pele, penetrando-a e gerando uma inflamação. Este processo chama-se pseudofoliculite.

A situação piora quando o folículo do pêlo encravado é contaminado por bactérias e que pode gerar lesões, bem feias de se ver. Essa evolução tem o nome de foliculite.

barba

Para ajudar a erradicar o problema, segue estes sete passos:

1 – Usa um esfoliante uma vez por semana. Em caso de lesões inflamatórias evita, caso contrário poderásagravá-las.

2 – Antes de fazer a barba, lava o rosto com água morna, para amolecer a pele e os pêlos e nunca passes a lâmina a seco.

3 – Não estiques a pele ao passar a lâmina.

4 – Passa a lâmina no sentido do pêlo.

5 – Não passes a lâmina mais de duas vezes na mesma zona.

6 – Depois, passa um gel after-shave ou creme e sem álcool para não causar irritação na pele.

7 – Se as lesões inflamatórias persistirem, é necessário consultares um dermatologista, para que te possa prescrever uma medicação ideal para o teu tipo de pele.