Sem qualquer dúvida, não é fácil vestir um fato. Existem regras de indumentária que podes seguir, não que sejas obrigado, mas para que te sintas confortável com o teu estilo e não caias no ridículo.

Para que esclareças aquelas dúvidas básicas que surgem quando te olhas ao espelho, vamos mostrar-te algumas dicas que podes ter em mente no momento de escolher a tua indumentária e claro, nada melhor que começar pelos clássicos. Outro ponto importante a não esquecer é que a gravata é o elemento que irá “ancorar” tudo o resto.

Se o teu fato é de cor clara, opta por uma camisa um pouco mais escura. E se o traje é escuro, escolhe um camisa de cor mais clara e aqui, a gravata convém ser mais escura do que o fato.

Fato de cor sólida

el_traje_con_motivos_8640_620x

As possibilidades de combinações em fatos de cor sólida são quase infinitas. Podes optar pelo ultra-minimalismo e evitar os motivos estampados, mas tem em conta que esta é uma medida que funciona melhor com cores escuras, com o estilo e o cenário ideal para a tua figura, caso contrário, vais parecer um garçon ou a tua indumentária parecerá uma farda.

Fato com padrão

el_traje_con_motivos_8640_620x

Os tecidos com padrão têm a função de se destacarem: a sua forma e tamanho podem ter efeitos drásticos nas tuas proporções. Pensa sempre em equilibrar os padrões com outros tecidos estampados que estabeleçam os seus efeitos. Tenta que os padrões mais discretos estejam na parte mais externa (fato) e aumenta a audácia dos mesmos para as peças que vão ficando por baixo umas das outras.

Combinações de camisas e gravatas

ArticleImage_SuitFit

  • Com uma camisa de quadrados, o melhor é optar uma gravata com padrão que tenha movimento, que seja fluida, como cornucópias, riscas diagonais ou até curvas. Caso contrário parecerás um robot.
  • As riscas podem ser complicadas quando a largura varia. Neste caso, Escolhe as riscas mais escuras: se as riscas mais escuras são muito estreitas, procura que a gravata traga algum volume, de preferencia com motivos de pontos ou micro-estampada. Se as riscas mais escuras são largas, tenta que a gravata tenha riscas diagonais ou que seja estampada.
  • Com uma camisa de cor sólida podes fazer quase tudo o que quiseres e um padrão grande e chamativo vê-se muito bem, porque trás amplitude e interesse para uma peça de vestuário que poderia ser chata.
  • Numa camisa com micro-estampado combina bem uma gravata com padrão pequeno e médio, não micro, com algo de padrão geométrico. Uma gravata de riscas diagonais bem definidas, por exemplo, vai fazer-te mais elegante e ao mesmo tempo dá-te uma estrutura mais atenuada.