Este sábado aconteceram as audições em Luanda e Benguela para a terceira edição do Big Brother, que vai ser transmitida a partir de Março e que vai juntar concorrentes de Angola e Moçambique numa única casa.

Muitos dos candidatos vão à procura da fama, outros de dinheiro e uns tantos de protagonismo, para poderem lançar as suas tão sonhadas carreiras artísticas.

Adilson Garcia, executivo de Comunicação e Relações Públicas da Multichoice disse que “o primeiro dia [de audições] está dentro das expectativas, todos os elementos de produção estão a ser respeitados e compridos”. 

Para esta edição do Big Brother, haverá uma união entre Angola e Moçambique. “É uma reunião que pretende celebrar as culturas dos dois países. Os hábitos e costumes, o que queremos no fundo é que as pessoas consigam se identificar com essa mistura de culturas que possam existir entre Angola e Moçambique”, acrescentou Garcia.