Fly Squad, mentor do programa Reis do Rompimento – Primeira Liga, em Angola, ouviu os pedidos de parte a parte para se realizar uma batalha entre os “beefados” Sanguinário e CFKappa. No entanto, a tão esperada batalha não vai acontecer.

O MC do programa mais conhecido do movimento hip hop luandense publicou uma mensagem no Facebook, onde explica que as condições exigidas por Sanguinário não são comportáveis para a realização do evento:

“No decorrer dos últimos acontecimentos envolvendo os rappers Sanguinário e CFKAPPA, à RRPL foi convidada (ou chamada) a organizar um evento que culminasse numa batalha verbal entre os dois, conforme procedimentos normais à estas situações, as negociações foram abertas e ambos os lados contactados para os devidos efeitos. 

CFK, mostrou-se disponível para o confronto tendo apresentado um pacote de exigências dentro das nossas normas e possibilidades.

Doutro lado Sanguinário também aceitou, mas apresentou um pacote de exigências fora das nossas normas e possibilidades.

A RRPL é uma liga com normas estipuladas, se os artistas quiserem romper aqui, tem de seguir as regras: 3 rounds, e exibição televisiva.

Sendo que não chegando à acordo, lamentamos informar ao público em geral, que por consequencia desta incompatibilidade, não realizaremos a tão esperada Batalha CFKAPPA Vs Sanguinário.”

Fica assim, em águas de bacalhau, o desfecho do momento mais quente dos últimos dias no rap angolano.