Praticamente 20 anos depois, Big Nelo continua no top de artistas com maior influência em Angola e não é apenas graças ao seu talento. É preciso saber “trabalhar com muita dedicação, disciplina e acima de tudo muita humildade”, diz o próprio.

Em entrevista ao SAPO, “a lenda”, como se auto-intitula, sabe que o talento não é o único trunfo para ter uma carreira artística de êxito e afirma: “Há artistas com mais talento, mas que não fazem o meu sucesso.”

E porquê? “Um dos problemas graves que vejo, é o facto dos músicos da nossa praça se envaidecerem muito rápido com apenas um sucesso ou dois. Isto leva-os a pensar que não precisam da nossa experiência para se firmarem na música. É por isso que, como já vimos acontecer, alguns acabam por se perder ou cair no esquecimento”, explicou o cantor.

E é exactamente para haver uma troca de experiências entre a velha e a nova escola que Big Nelo criou a B26. “O meu objectivo é ajudá-los a melhorar o dom que têm, porque alguns já estão no mercado e sempre se destacaram. Vou apostar neles e passar-lhes o meu testemunho”.