A Porsche apresenta a nova versão de um SUV Macan que conta com um motor de quatro cilindros turbo, feito especificamente para este modelo, que é o desportivo do segmento dos SUV.

O motor de dois litros sobrealimentado do Macan debita 252 CV (185 kW) das 5.000 às 6.800 rpm e possui, de série, a caixa PDK de dupla embraiagem com sete velocidades. O resultado é um automóvel capaz de oferecer acelerações impressionantes: dos zero aos 100 km/h em 6,7 segundos que baixa para os 6,5 segundos com o opcional Pacote Sport Chrono. A velocidade máxima é de 229 km/h.

Relativamente ao consumo de combustível, o SUV alemão prova a sua eficiência: dependendo das jantes que o equipam, consome entre os 7,4 l/100 km e os 7,2 l/100 km, de acordo com o NEDC.
P16_0177_Macan

O motor de quatro cilindros em linha é particularmente desportivo e eficiente: opera com até dois bar de pressão do turbo, intercooler, injecção directa de combustível e o tempo das válvulas variável. O VarioCam Plus adapta as árvores de cames de admissão e de escape de forma contínua e também controla a abertura das válvulas de escape.

Os 370 Nm de binário disponíveis entre as 1.600 rpm e as 4.500 rpm, por exemplo, possibilitam rápidas ultrapassagens. Como característica de todos os modelos da Porsche, o Macan é capaz de converter a sua potência numa excecional dinâmica em condução desportiva: tal é assegurado pelo Porsche Traction Management (PTM) de série, o sistema activo de tracção integral que se interliga com a ágil suspensão e uma direção precisa.P16_0178_Macan

Visualmente, a nova versão de entrada na gama apenas difere dos outros modelos mais potentes em pequenos detalhes. No exterior, as molduras das janelas são em preto e as pinças dos travões são da mesma cor.