Em regra geral, pensa-se que com o avançar da idade é normal o homem sofrer de disfunção eréctil, mas na prática não é bem assim.

É verdade que com o passar dos anos, o homem possa necessitar de mais estímulo mas nem sem sempre é uma consequência natural do envelhecimento.

De acordo com o terapeuta sexual norte-americano Michael Perelman, a disfunção pode ser um sinal de vários problemas de saúde como diabetes, hipertensão, arteriosclerose, desequilíbrios hormonais ou patologias cardíacas.

Quando detectado o problema sexual, o melhor é consultar o médico por forma a avaliar correctamente a origem do problema.