O programa de Barack Obama, Jovens Líderes Africanos (YALI) designado por Mandela Washington Fellowship, na edição de 2016, vai contar com a participação de oito bolseiros cabo-verdianos, seleccionados entre 50 mil candidatos.

Ivanilda “Vanny” Reis, Eder Semedo, Alveno Soares, Hernídia Tavares, Rui Soares, Bernardino Gonçalves, Eurídice Monteiro e Evódia Graça são os selecionados para o programa.

“Este ano a candidatura para a participação no programa foi muito forte. Participaram cerca de 78 jovens líderes de diferentes ilhas do país de onde foram selecionados oito. Os escolhidos são jovens empreendedores de projectos muito interessantes para a comunidade cabo-verdiana”, disse o embaixador dos Estados Unidos em Cabo-Verde, Donald Heflin, em conferência de imprensa.

De acordo com o embaixador Donald Heflin, ao participarem neste programa os jovens selecionados terão oportunidade de acolher novas competências, ideias e redes de contactos, o que no seu entender, irá abrir-lhes novas perspectivas para o futuro.

Donald Heflin indicou, por outro lado, que apesar de ser o último ano em que o Presidente Barack Obama irá reunir-se com os jovens líder africanos – por ser o seu último mandato -, diz acreditar que o programa, pela sua importância e resultados alcançados, poderá continuar.

A comitiva cabo-verdiana vai integrar uma lista de mil jovens africanos que foram seleccionados entre os quase 50 mil concorrentes da África subsariana para participar no programa de intercâmbio para jovens líderes africanos no âmbito da iniciativa governamental do Presidente Obama, programa esse conhecido por Young African Leaders Initiative (YALI).