Será que o sexo conta como exercício? Boas notícias: pode ser que sim.

Um novo estudo descobriu que, em pessoas jovens, o sexo queima em média cerca de 4,2 calorias por minuto, nos homens e 3,1 calorias por minuto, nas mulheres. Essa intensidade é moderada, relatam os investigadores no Oct online PLOS ONE.

Por outras palavras, o sexo é melhor exercício do que uma caminhada, mas não tão bom quanto o jogging. “Estes resultados sugerem que a actividade sexual pode potencialmente ser considerada, por vezes, como um exercício significativo,” escrevem os pesquisadores.

Sexo como exercício?
Se o sexo pode se considerar um exercício, é um tópico de debate há muito tempo.

Um mito popular detém que uma sessão típica de sexo queima entre 100 a 300 calorias mas, ninguém ainda quantificou quantas calorias se queimam ao certo.

Contudo, alguns casais corajosos tiverem sexo pela ciência. Investigadores famosos na área do sexo William Masters e Virginia Johnson, observaram casais a ter sexo e notaram que as suas taxas cardíacas aumentaram tanto como 180 batimentos por minuto.

Para comparação, entre 85 e 119 batimentos por minuto é o equivalente a exercícios de intensidade moderada para homens de 50 anos.
Ways-to-Find-a-Workout-Buddy

Em 1984, um estudo de 10 casais destemidos publicado no jornal Archives of Internal Medicine usaram a monitorização da frequência cardíaca e pressão arterial, um analisador de gás oxigénio de resposta rápida e electrocardiogramas para determinar que, para os homens, a auto-estimulação aumenta os rácios cardíacos para 37%, quando o homem se encontra por cima, na relação sexual, aumenta para 51%.

Por sua vez, um problema encontrado neste estudo foi que os casais mantinham-se no laboratório ligados a fios e tubos — imaginem a dificuldade de se produzir uma sessão de sexo típico. Felizmente, a nova tecnologia oferece uma maneira de contornar este problema de monitorização.

Usando uma braçadeira especifica conhecida por SenseWear, os investigadores da Universidade de Quebec, em Montreal rastrearam os gastos de energia que os casais tiverem durante as suas relações sexuais, nas suas casas. Os pesquisadores recrutaram 21 casais heterossexuais com idades entre os 18 e os 35 anos, optando por se concentrar em jovens, pois os gastos de energia variam amplamente consoante a idade.

Cada pessoa começou por fazer 30 minutos de passadeira, em intensidade moderada, para fornecer uma medida de referência do seu gasto calórico durante o esforço. Em seguida foram fornecidas as braçadeiras aos participantes e estes tinham de as usar em pelo menos 4 das suas relações sexuais daquele mês.

934042_370743886359133_659029644_nAs braçadeiras SenseWear usam acelerómetros, sensores de temperatura e sensores de resposta galvânica da pele, para chegar a uma medição precisa de calorias gastas. A resposta galvânica da pele refere-se a um aumento da condutividade eléctrica que ocorre quando uma pessoa transpira.

Vamos nos tornar físicos
As relações sexuais duraram em média 24,7 minutos, sendo a sessão mais rápida de 10 minutos e a mais demorada de 57 minutos. Os homens gastaram mais energia exercitando-se do que as mulheres, mesmo depois de controlar os homens de maior massa corporal. Em média, uma relação sexual custa ao homem 101 calorias ou 4,2 calorias por minuto. Isto comparado com as 276 calorias ou 9,2 calorias por minuto, na passadeira.
As mulheres gastam em média 69 calorias durante as relações sexuais, em média 3,1 calorias por minuto. Uma vez mais, os números não são tão elevados como uma sessão de exercício na passadeira, durante o qual uma mulher pode gastar em média 213 calorias ou 7,1 calorias por minuto.

Ainda assim, os investigadores dizem, o sexo é prazeroso e, portanto, é mais provável que se pratique este, do que se vá ao ginásio. O sexo também pode ser uma melhor maneira de queimar calorias face ao trabalho doméstico, embora anda sejam necessárias mais pesquisas: um estudo divulgado pela revista BMC Public Health descobriu que as pessoas superestimam quantas calorias se queimam enquanto se varre e aspira o chão. Concluindo: esquece a mensalidade do ginásio e diverte-te com a garina, o sexo é saudável!