Já ouviste falar do ponto G, mas e o ponto A?

Existem múltiplas formas de conseguires que a tua parceira atinja um orgasmo. Podes estimular-lhe o clitóris ou trabalhar para o famoso, e intrigante, ponto G. Mas existe outra misteriosa zona erógena que tu provavelmente não tens aproveitado: o ponto A.

Assim como o Monstro de Loch Ness, existe uma especulação sobre onde fica exactamente o ponto A.  Alguns especialistas nas matérias sexuais juram que pode desencadear orgasmos mais duradouros, outros não estão tão seguros.

“Eu nunca vi nenhuma prova anatómica da existência desse ponto,” diz a ginecologista norte-americana Mary Minkin. Contudo, a especialista diz que existem algumas áreas da vagina que são mais sensíveis do que outras, não conseguindo definir um ponto com exactidão que desencadeie um orgasmo duradouro.
Outra teoria: essa estimulação que as mulheres sentem profundamente vem na realidade do colo do útero— localizado a cerca de 7 a 15 cm dentro do canal vaginal, diz o Dr. Milheiser. Os nervos na zona pélvica responsáveis pelos orgasmos fornecem as fibras encontradas no colo e quando o colo (ou a área à volta dele) é estimulado, esses nervos podem activar excitação sexual,  explica a Dra. Milheiser.

Embora existam opiniões variadas sobre onde é o ponto, não existe nenhum problema em tentar descobri-lo, se tu e a tua parceira estão curiosos.

As mulheres, que relatam ter orgasmos por estimulação do ponto A, dizem que eles são intensos e duram cerca de 20 segundos mais do que os outros tipos de orgasmo — portanto, vale a pena a tentativa.

Como encontrar o ponto A

O ponto A encontra-se no interior profundo da vagina, entre o colo do útero e a bexiga. Podes localizá-lo da mesma forma que fazes para o ponto G.

Aparentemente, acariciar esta área ajuda as mulheres a ficarem mais lubrificadas e mais rápido. Ela é composta por um tipo de tecido sensível que lubrifica quando é estimulado, explica a Dra. Ava Cadell.

Uma boa maneira para encontrares este ponto é, com o dedo indicador achares o ponto G e depois uns centímetros mais profundos estará o ponto A. Depois com movimentos dentro-e-fora vai acariciando a parede frontal da vagina, ela ficará mais lubrificada e prolongará o prazer.

Se tentares atingir este ponto durante a penetração, devem optar pelas posições “doggy style” ou “missionário” para conseguirem ter sucesso. Experimenta colocar uma almofada alta debaixo das costas dela, quando estiverem, por exemplo, na posição missionário, de modo a que consigas um ângulo de inclinação para o pénis directo para o colo, durante a penetração.

Tendo em conta que o ponto A se situa dentro da vagina, a tua parceira pode sentir algum desconforto inicialmente. Tem em mente que cada mulher tem um corpo e uma sensibilidade diferente, por isso, é possível que um orgasmo do ponto A possa nem se quer se tornar uma realidade para ela. O que conta é que estejam em acordo, que tenham os dois prazer e que vão quebrando a rotina.

Equipa BANTUMEN

A BANTUMEN é um magazine eletrónico em português, com conteúdos próprios, que procura refletir a atualidade da cultura urbana da Lusofonia, com enfoque nos PALOP e na sua diáspora.