C4 Pedro esteve ontem à noite num concerto numa das casas de espectáculos mais conhecidas de Lisboa, o Campo Pequeno.

O concerto serviu para apresentar o segundo trabalho de originais de C4, intitulado King Ckwa. A noite teve ainda a participação do “rei da kizomba”, Eduardo Paim. Com o recinto lotado e duas horas de espectáculo, a plateia pôde ver e ouvir as actuações de Big Nelo, Pérola, Kaysha, Sutak, e Os Pilukas.

Logo a seguir ao evento, C4 dizia à BANTUMEN sentir-se “um jovem abençoado acima de tudo”.

“Recebo carinho de tanta gente. Muitas vezes nas redes sociais, e como o mundo anda tão agressivo, podemos sempre receber um comentário negativo e acabamos por nos esquecer que há muita gente que nos ama. E hoje, aqui no campo pequeno, foi um lembrete: ‘Hey C4 há muita gente que te ama. Então preocupa-te connosco’. Tive pessoas de várias idades, crianças, kotas, homens e mulheres que sabem as músicas, que não querem saber se sou angolano, caboverdiano, moçambicano, guineense ou português. Só querem música, a música que faço, que é música africana. Mas não é música só para africanos.
O facto de ter vivido muitos anos na Bélgica, ter várias experiências no estrangeiro, fez de mim um cidadão do mundo. E acho que isso torna-me mais completo, a minha música mais completa e um músico mais feliz.”

 

 

 

 

[Fancy_Facebook_Comments]