Quer se trate de uma pontada após um longo dia no escritório ou uma dor aguda que te atinge assim que acordas, considera o teu desconforto um grito de socorro.

A dor de pescoço é bastante comum, pode afectar cerca de 67% da população até determinado ponto, mas geralmente não é aleatória, diz o Dr. Jeremy Smith, do Instituto Ortopédico de Hoag.

Enquanto um acidente, ou uma doença degenerativa (como artrite) possa ser o culpado, é possível que um, ou mais, dos teus hábitos diários estejam a causar-te dores no pescoço. Aqui estão quatro das razões mais comuns. back-pain-desk-poor-posture-black-man

  1. Sentas-te mal — má postura

Estima-se que cerca de 45% das pessoas são atormentadas por dor no pescoço e o teu computador pode ser apenas parte no problema. Muitas vezes, as cadeiras de escritório não suportam a curvatura natural da coluna vertebral, em forma de “S”. Devido ao insuficiente suporte lombar e falta de apoio de braços, os funcionários são muitas vezes forçados a se curvarem e inclinarem sobre a secretária, criando uma curvatura em forma de “C”, na coluna vertebral, o que provoca uma pressão adicional no pescoço e nos discos lombossacrais.

O ideal seria teres um local de trabalho todo adaptado ergonomicamente falando para que a tua postura seja a melhor e não afecte a tua saúde, mas isso não é facilmente possível e é muito dispendioso.

Assim, o que deves fazer é colocar o alarme para que a cada 30 ou 40 minutos alteres a tua posição. Isto vai permitir que o sangue flua, melhorando a circulação e dá à coluna vertebral a possibilidade de “reiniciar”.Man smoking a cigarette

2. Fumar

Tudo, desde o cancro nos pulmões, à diabetes, está ligado a fumar cigarros. Agora podes adicionar à lista: dores crónicas do pescoço.

“Fumar leva à desidratação dos discos nas costas e no pescoço e acelera o seu processo degenerativo,” explica o Dr. Smith.

Isto pode levar a hérnias discais ou pressão que pode eventualmente alterar o funcionamento correcto da coluna vertebral. Fumar também pode levar à obstrução dos vasos sanguíneos, logo, menos oxigénio chega à coluna vertebral e discos.texting_while_walking_elrockstar

3. Estás obcecado com o teu smartphone

Escrever sms sem parar não magoa apenas os teus polegares. Sempre que olhas para baixo, para o teu smartphone — quer estejas a enviar sms ou e-mails — estás a colocar muita tensão nos músculos do pescoço.

Imagina uma bola de bowling suportada num “T” de golfe. A tua cabeça pesa cerca de cinco quilos, portanto, leva muito esforço para voltar a colocar de novo a bola de bowling no “T” de golfe.

Diminuir o tempo em frente ao ecrã, segurar o smartphone ao nível dos olhos e alongares-te periodicamente, são algumas soluções comuns efectivas.

Man with wine glass
Man with wine glass

4.  Exageras no álcool

Não é surpresa que dormires de forma estranha pode levar a dores no pescoço no dia seguinte. Isso pode acontecer de vez em quando mas, se beberes demais as hipóteses aumentam gravemente.

Aqui está o porquê: todas as pessoas alteram de posição, naturalmente, várias vezes, durante a noite, mas pessoas intoxicadas tendem a mexer-se menos quando estão adormecidas.

Isto significa que o teu corpo pode ficar preso numa desconfortável e tensa posição para o teu pescoço, por algum tempo.

Outros factores que garantem umas péssimas noites de descanso e horríveis dores de pescoço na manhã seguinte incluem, dormir com demasiadas almofadas e que sejam demasiado suaves, ambas afectam o alinhamento da cabeça e pescoço.

Um colchão mole é outro erro. A escolha certa é um colchão firme e umas almofadas com um design ergonómico, para manter a cabeça directamente alinhada com a coluna vertebral.