A excitação em torno do Ford Mustang antes do seu lançamento em 1964 foi diferente de tudo o que a Ford havia experimentado anteriormente. O público tinha podido ver o veículo conceptual através das muitas fotografias que circularam na imprensa de todo o mundo, fizeram com que milhares de cartas fossem enviadas à Ford perguntando se a marca ia efetivamente avançar para a produção desta máquina de sonho.

Tudo isto criou a oportunidade para a Ford fazer a primeira apresentação à imprensa internacional de um automóvel, a 13 de Abril de 1964. O evento foi transmitido para 11 capitais europeias e coberto por mais de dois mil repórteres.

O Mustang era para ser um carro compacto económico ao estilo dos carros europeus caros, mas pelo qual os clientes podiam optar também pela alta prestação – o carro musculado como o conhecemos hoje.

“Nós não afirmamos que o Mustang é um carro universal ou que pode ser tudo para toda a gente” disse Iacocca à Imprensa. “Mas acreditamos que Mustang será muito mais coisas para mais pessoas do que qualquer outro carro que anda nas estradas. Nós gostamos de pensar que conseguimos uma nova dimensão no automobilismo americano – e talvez no automobilismo mundial”, afirma Lee Iacocca, o presidente executivo da Ford.

 

O novo Mustang teve uma recepção similar: de acordo com os dados do IHS Automotive, o Ford Mustang foi o carro desportivo mais vendido no mundo nos primeiros seis meses de 2015. Globalmente, foram registados 76.124 veículos. Em Março de 2016, o Mustang bateu os seus rivais tornando-se no coupé desportivo mais vendido e a circular nas autoestradas da Alemanha.

Gail Wise's 1965 Ford Mustang Convertible in summer 1964
Gail Wise’s 1965 Ford Mustang Conversível, 1964

O primeiro

Em 1964, Gail Brown, uma jovem de 22 anos, passeava com os pais pelo salão de exposições no Johnson Ford em Chicago, à procura de um carro para si. Professor do ensino primário, Brown usava o Ford Forlaine de 1957 convertível da sua mãe para se deslocar para o trabalho. Contudo, nada na exposição lhe despertou interesse. Confessou-o ao vendedor, que a levou ao armazém onde, ainda sob uma capa, estava um Ford Mustang Skylight Blue Convertible 1965. Brown encontrou o seu carro, e depois de pedir emprestado Dinheiro aos pais, comprou o Mustang por cerca de 5 mil USD, tornando-se no primeiro comprador individual do que viria a ser um ícone Americano.

Ford Hoonigan Mustang

O radical
Generosamente afinado e elegantemente modificado, o Ford Mustang de 1965 berlina é a base do “Hoonicorn RTR” do piloto profissional e lenda das gincanas, Ken Block. Com o seu 4.7 litros Roush Yates V8 a produzir 485hp, está muito longe Skylight Blue com motor V8 4.2 litros 164 hp que despertou a atenção de uma jovem professora em 1964.

O carro de Block, único no género, o primeiro Ford Mustang 1965 berlina de tração às quatro rodas Sadev SC90-24 de seis velocidades com sistema de travão de mão hidráulico, projetado com ASD Motorsport e sistema de suspensão de componentes, pneus de 18 polegadas. Desde o seu lançamento em 2014, Ford Mustang tornou-se numa estrela por direito próprio, ao lado do astro Block nos ralies.

Mustang_0050
O mais novo 

Pela primeira vez na história, o Ford Mustang está disponível oficalmente em Angola com um número limitado de exemplares com volante à esquerda. O Mustang GT 2016 com motor 5.0-litre V8 435 hp apresenta o regresso dos piscas integrados no cpô, algo que os fãs reclamavam, lavando a Ford a recuperá-lo como equipamento de série no novo modelo.

As novas opções de cores tornam o Mustang mais personalizado que nunca, enquanto as novas funcionalidades como o SYNC®2 com reconhecimento de voz, smartphone tátil, e interface gráfico intuitivo, mostram que o antigo casa bem com o novo e moderno.

Mustang_0178-1

Um Ícone Americano

Hoje, o Mustang tem um legado de 52 anos e é considerado uma das maiores histórias de sucesso da indústria automóvel. Desde o discurso de Iacocca na Feira Mundial de Nova Iorque, mais de 8,7 milhões de Mustangs foram vendidos em todo o mundo. Realmente, uma nova dimensão no mundo automóvel.

 

[Fancy_Facebook_Comments]