A BANTUMEN nasceu da vontade de gritar aos sete ventos o que de bem se faz a nível PALOP, seja no universo da música, cultura, lifestyle ou do entretenimento. 12 meses a partilhar convosco as histórias e estórias de gente como qualquer um de nós, por detrás destes écrans, que não desiste de um sonho. Porque a BANTUMEN um dia foi isso. Um sonho tornado realidade de uma equipa que não desiste diante de cada desafio que se vai atravessando no seu caminho.

12 meses de trabalho que, a cada dia que passa, consegue alcançar mais um degrau da escadaria da qualidade e excelência. E isso deve-se a muito empenho, porque o nosso leitor, os nossos homens de raízes e as nossas mulheres, igualmente de raízes, – sim, elas também nos lêem – merecem o nosso melhor, sempre.

Neste primeiro aniversário conseguimos chegar au-delá das expectativas. Mês a mês superámos as metas de audiência de cada período anterior, 45 por cento dos nossos visitantes são fiéis e chegámos ao redondo milhão de acessos em todas as plataformas digitais. Este aniversário é mais do que uma comemoração, é o ostentar de um orgulho inabalável que este projecto nos transmite, a nós equipa que todos os dias caímos e nos re-erguemos nesta luta que é a esfera da comunicação digital.

Este é um projecto africano, para africanos, que nasceu no Dia de África. Um dia tão comum quanto qualquer outro, mas que traz no seu alvor um sabor especial a esperança e bonança.

A BANTUMEN surgiu em Angola mas é hoje uma revista online lida nos cinco continentes, graças à nossa diáspora e aos cabo-verdianos, moçambicanos, guineenses, são-tomenses, brasileiros e portugueses que nos adoptaram como sua e que todos os dias marcam presença tanto no site como nas nossas páginas sociais. E claro, há também todo um público anglófono que nos segue piamente e a quem somos igualmente muito gratos.

Por estes 12 meses de sucesso, um MUITO OBRIGADO a ti, nosso leitor. Estamos juntos e assim prometemos continuar.

A redacção da BANTUMEN.