Uma das mais recentes pesquisas de saúde desportiva revela que a água é apenas 30% da maioria dos fluídos ingeridos pelas pessoas, por dia.

Este número deveria de facto ser muito superior. A pesquisa não só mostra que as pessoas que bebem água consomem menos calorias, como mostra que a água é também uma bebida essencial pré-treino.

Um novo estudo da Sports Medicine descobriu que a desidratação pode diminuir a tua força (por 2%), a energia (por 3%) e a resistência de alta intensidade (por 10%) durante o treino.

Como principio básico, beber cerca de 230 ml de água, 30 min antes do ginásio, garante que os teus músculos estão com combustível em todos os cilindros.

Depois bebe cerca de 460ml, nos 30 minutos a seguir a teres terminado o treino.

Decidir o quanto deves saborear entre cada sessão de treino é mais subjectivo, mas alguns terapeutas nutricionais recomendam 460ml, durante um treino de 1h.

Após 90 minutos de exercícios moderados, a água já não é suficiente. Neste ponto, as tuas reservas de glicogénio são meros fumos, de maneira que precisas de começar a ingerir bebidas desportivas com electrólitos. Gerir os teus minerais é ainda mais importante se fores um atleta de resistência.

Beber água de mais sem reposição de electrólitos pode causar uma condição designada, hiponatremia, o que pode levar a convulsões, insuficiência nos orgãos e até morte. Se estás a tentar enfrentar corridas de longa distância, certifica-te que tens uma estratégia de hidratação já testada e aprovada.

[Fancy_Facebook_Comments]