Estudantes da Universidade de Makerere, no Uganda, em conjunto com o governo do país, desenvolveram o primeiro autocarro movido a energia solar, divulgou a BBC.

Kayoola tem 35 lugares, duas baterias carregadas por painéis solares no tejadilho, atinge 92 quilómetros por hora e foi um dos projectos de destaque na Assembleia Ambiental das Nações Unidas, na passada quinta-feira.

_88039090_88039089

“O que mais temos em África é sol, e uma das coisas que mais nos faz falta são os transportes públicos. Então, decidimos juntar o útil ao agradável e criar o autocarro solar”, explicou ao  El País Richard Madanda, vice-presidente para o desenvolvimento da Kiira Motors, empresa que está a executar o projecto.

Segundo explica Richard Madanda, um dos estudantes da Universidade Makerere entretanto contratado pelo Governo, a optimização das baterias é um dos principais desafios do autocarro solar.

Igualmente relevante para a circulação do Kayoola é a diminuição dos custos de produção, tendo em conta que os encargos do primeiro veículo custaram cerca de 140 mil dólares. Contudo, com a produção em massa, esse valor pode vir a ser reduzido para 58 mil dólares.

[Fancy_Facebook_Comments]