Richard Mille e o artista de graffiti Cyril Kongo uniram-se para marcar um Tourbillon, o RM68-01. A primeira peça de relojoaria do tipo, Kongo foi forçado a desenvolver uma tecnologia nova de modo a implementar o seu talento de graffiti numa acessório tão pequeno e assim, nasceu a micro-pintura.

Mille decidiu que o movimento deveria reflectir a energia da arte de rua de Kongo: “as pontes do movimento, espelhadas num arco de diferentes direcções, com pinceladas selvagens.”

30 relógios da edição limitada são pintados à mão, tornando-os verdadeiramente únicos.

[Fancy_Facebook_Comments]