Com apenas 4,8 metros de largura, esta casa construída numa favela de São Paulo já arrecadou vários prémios de arquitectura, como o de Melhor Casa do Ano, pelo site ArchDaily, um dos mais conceituados.

Dona Dalva, 70 anos, ganhou a vida como empregada doméstica. Quase 50 anos de poupanças permitiram-lhe restaurar e remodelar a casa onde parte do tecto tinha ruído devido à chuva e nas paredes a humidade substituía a pintura.

O receio de que algo pior pudesse acontecer, o filho de Dalva

contactou a empresa de arquitectos Terra e Tuma Arquitetos Associados.

Por cerca de 45 mil USD, este projecto de habitação de baixo custo permitiu a dona Dalva de ter uma casa nova que exibe simplicidade e elegância, enquadrando-se na perfeição no local onde se encontra.

Vê as fotos do empreendimento.

[Fancy_Facebook_Comments]