Não importa o quão duro trabalhas no ginásio. Todos os exercícios abdominais, pranchas e elevações de pernas — todos os exercícios que fazem o teu estômago queimar que nem louco — não importam. A tua gordura armazenada na zona abdominal só irá desaparecer quando alterares os teus hábitos alimentares.

A verdade: todos aqueles exercícios de matar abdominais ajudam mas se queres uma resposta rápida, de acordo com Steve Hess, o treinador de NBA dos Denver Nuggets, existem algumas outras coisas que podes fazer. E claro, começam na cozinha.

Workout

  1. Equilibra a forma de quando e como utilizas os carboidratos

Alegra-te, não tens de deixar os carboidratos. Usa os carboidratos com proteínas e gorduras saudáveis para reabastecer o teu corpo após uma sessão de treino. A razão é que os carboidratos reabastecem as tuas reservas de glicogénio depois do exercício. Quando te exercitas, o glicogénio, que está armazenado nos teus músculos, é queimado e é preciso reabastecê-los. A proteína vai ajudar a reparar e reconstruir o tecido muscular.

Mas principalmente, ingerir carboidratos com alto teor de glicogénio ajuda na síntese de proteínas e facilita a entrada destas na corrente sanguínea, enquanto há a estimulação da insulina, que leva ao crescimento muscular. Os carboidratos também te ajudam a recuperar rapidamente entre exercícios, especialmente se planeares múltiplas sessões para um dia.

Carboidratos fibrosos, como folhas verdes, espargos, brócolos e couve-flor, são todas excelentes fontes para perda de gordura mas também, com proteína magra, ajudando à recuperação dos músculos.

ripped-abs-free-weights-main

2. Praticar exercício de manhã

Há maiores benefícios se praticares exercício de manhã, do que a outras alturas do dia. Praticar exercício de manhã, é uma maneira provada de impulsionar o teu metabolismo e permite-te queimar calorias ao longo do dia.

Outro bom truque para uns abdominais tonificados rapidamente é praticares exercícios HIIT (treino de alta intensidade com períodos de descanso) logo pela manhã, duas vezes por semana.

Uma grande vantagem de praticares exercício de manhã é toda a trapalhada que vai acontecer ao longo do dia. Se praticares assim que acordares, a tua disponibilidade é sempre melhor, se fores adiando para mais tarde, vão aparecendo mais coisas para fazeres e vais adiando o exercicio, acabando por não o fazer.

Se ainda não achas razões suficientes, treinar logo pela manhã é a desculpa perfeita para beberes uma chávena gigante de café pela manhã. Um estimulante natural, que de acordo com um estudo — um café pré-treino aumenta o teu fluxo sanguíneo, foco e menos dor muscular.


3. Come… muito

Quando pensas em cortar a gordura que está a tapar os teus músculos, na verdade devias pensar em comer mais vezes. Come o pequeno almoço, almoço, jantar e lanches saudáveis ao longo do dia. Comer ao longo do dia previne que o teu corpo armazene gordura e conserve calorias, além disso, comer ajuda o teu metabolismo a funcionar o dia todo.

Hess é um dos embaixadores do Met-Rx, uma empresa de nutrição desportiva, ele sugere que ingiras um batido proteico logo após o treino matinal, depois, comer uma refeição completa com proteínas, gorduras e carboidratos, uma hora depois. Duas horas após isso, come de novo. Depois, antes de ires para a cama, toma um soro da proteína caseína. “A razão é porque a maioria dos homens levanta-se e vai lanchar, de noite,” disse Hess, “este soro diminui a vontade que tens de levantar-te a meio da noite e comeres um pote de biscoitos.” Além disso, existe o facto de a libertação da hormona de crescimento para a tua corrente sanguínea e a síntese proteica ocorrerem enquanto dormes, o que leva á reparação e restauração muscular.

_pre_workout_yogurt_2

4. Os domingos são para cozinhar

Se vais comer muito, tens de cozinhar muito. Hess diz que o domingo deve ser um dia massivo de culinária, para preparar comida saudável para o resto da semana. Ele costuma preparar para a semana:

  • 10 peitos de frango grelhados,
  • 10 peitos de peru,
  • 5 bifes,
  • um tacho grande de arroz,
  • Batata doce,
  • Ovos,
  • Aveia.

5. Bebe bastante água

Estás sempre a ver aquele sarado lá do bairro com uma garrafa de água atrás? Sim, terás de fazer o mesmo, se queres te livrar dessa barriga e atingir aquela barriga tanquinho. Beber mais água, não só ajuda a eliminar o que restou da digestão, como permite que o teu metabolismo funcione mais eficazmente. É provável que sues mais, mas uma maior libertação de água leva a uma menor retenção de líquidos, o que permite que os teus abdominais cresçam mais e mais depressa.

[Fancy_Facebook_Comments]